8 Alimentos que gatos não podem comer de jeito nenhum!

Sabe aquela hora em que você começa a comer alguma coisa e seu bichano aparece? Sabemos que é difícil, mas existem alguns alimentos que seu gato não pode comer de jeito nenhum, não importa o quanto ele peça. Não dar alguns tipos de comidas para o peludinho também é uma forma de demonstrar seu amor e zelo por ele.

Quer saber o que seu gato não deve ingerir? Continue a leitura e conheça 8 alimentos que estão proibidos na dieta do seu bichinho. Assim, você também já fica de olho naquele alimento que acabou caindo no chão e já está na mira do seu gato, confira!

1- Ração de cachorro

Mesmo não sendo um alimento de humanos, é preciso deixar claro que os felinos não devem comer a mesma ração do seu cachorro. Alguns acabam compartilhando esse item quando a do gato acaba e não dá para comprar mais no momento, mas já adiantamos que isso não é indicado.

Isso porque as necessidades desses pets são diferentes. Ao contrário do cachorro, que tem tendência onívora, o gato é totalmente carnívoro. Por esse motivo, os gatos acabam precisando de mais proteína animal e outros nutrientes. A ração destinada para esse público já é pensada para isso e não deve ser substituída.

2- Chocolate

Esse alimento, sem dúvida, é o queridinho de muita gente. Mas saiba que os gatos não são lá muito chegados em chocolate – e em nada que seja doce. O alimento pode causar sérios problemas no organismo do gatinho, como vômitos e convulsões.

Além disso, seu gato não consegue sentir o sabor doce na língua. Então, mesmo que ele pudesse comer, não seria tão interessante quanto é para nós. Essa é uma curiosidade sobre os gatos que muitas pessoas desconhecem.

Gato perto de comer uma colher de brigadeiro

3- Cebola e alho

Esses dois alimentos já não são tão apreciados por algumas pessoas, mas é impossível negar sua presença nas cozinhas brasileiras. Saiba que ambos os temperos estão definitivamente proibidos na dieta do seu felino. Eles agridem o estômago dos peludos e acabam gerando gastrite, sem falar no risco para o sangue.

A cebola e o alho prejudicam as hemácias – também conhecidas como glóbulos brancos – e podem fazer com que o gato desenvolva algum nível de anemia. Mantenha esses dois alimentos bem longe do seu gato para garantir uma boa saúde, viu? Lembrando que qualquer receita temperada com tais ingredientes também está fora de cogitação.

4- Leite e derivados

Sempre vemos algum gatinho tomando leite em filmes e desenhos, não é mesmo? Saiba que essa bebida – ao contrário do que as telinhas indicam – não deve ser consumida pelo seu peludo na “maioridade”. Isso porque o gato adulto é intolerante a lactose e pode sofrer com dores na barriga, vômitos e até diarréia.

Gato tomando leite em uma travessa azul

Existe uma grande discussão sobre a ingestão de leite sem lactose pelos felinos. De todo modo, esse alimento não oferece nenhum benefício interessante. Um pouco de água fresca com fluxo contínuo ainda é a melhor opção para o bichano molhar a garganta.

5- Uva e passas

Esse parece ser um alimento inofensivo, certo? Errado! Mesmo que você retire as sementes, a uva continua não sendo indicada para os gatos e também não faz parte das frutas que os cachorros podem ingerir. Isso porque ela impacta negativamente nas funções renais do seu amiguinho. A uva-passa também é um problema e não deve estar entre os petiscos que você pode oferecer para o gato.

Se você deseja compartilhar uma fruta com seu bichinho, escolha o morango. É uma ótima fonte de vitamina C e ainda pode ajudar a reverter casos de anemia. Além disso, a fruta possui ação antioxidante, o que ajuda no fortalecimento do sistema imunológico!

6- Ovo cru

O ovo cru não faz parte nem da nossa alimentação, não é mesmo? Ainda assim, é muito comum que o gato aproveite para lamber a casca do ovo na lixeira quando a mesma está sem tampa. Mesmo sendo rico em proteína, o ovo atrapalha uma função muito importante do organismo felino: a absorção de vitamina do complexo B.

Essa família de vitaminas são essenciais para que o gato consiga desempenhar corretamente suas funções cerebrais. Por isso, tome bastante cuidado com as próximas cascas de ovo na cozinha. Os tutores de gatos idosos devem ter atenção redobrada nesse sentido.

7- Peixes enlatados

Atum, sardinha e uma série de outros peixes enlatados estão na lista de alimentos proibidos para gatos. Parece estranho em um primeiro momento, não é mesmo? Mas, por serem alimentos processados, eles possuem uma quantidade muito grande de sódio e por isso devem ficar longe da vasilha do seu gatinho.

Gato comendo atum em uma latinha cinza

8- Carne crua

É comum pensar que, por ser um animal carnívoro, o gato pode comer carne crua. Mas existem um motivo para você não deixar que ele tenha acesso a esse tipo de alimento: ele pode causar intoxicação alimentar no seu peludo. Não sabemos por qual local a carne passou e quais cuidados foram tomados em seu armazenamento. Por isso, deixe ela fora do alcance do seu gato.

Como podemos ver, alguns alimentos podem ser a causa do seu gato começar a vomitar. Mas existem outros motivos muitos comuns também, vale a pena pesquisar sobre o assunto! Acesse nosso conteúdo aqui mesmo no blog e entenda quais são essas causas e o que pode ser feito.

Gato comendo um pedaço de carne crua

Gostou do conteúdo? Agora você já sabe por que a ração continua sendo a melhor opção para alimentar os felinos. Mesmo parecendo um pouco sem graça, garantimos que ela é bem vista e apreciada pelos pets em geral. Lembre-se de manter o estoque bem guardado e seguindo as indicações do fabricante.

Se desejar ficar por dentro das principais raças de gato, vale a pena ler o nosso post sobre o assunto. É o que você precisa para saber de todas as instâncias do universo felino!

Até o próximo post!

Deixe um comentário