Conheça 15 Frutas que Cachorro Pode Comer e ofereça ao seu pet

Manter uma dieta equilibrada para o seu pet é necessário, já que a alimentação irá regular o organismo de forma a oferecer saciedade e energia. Isso possibilita uma boa qualidade de vida ao seu companheiro, que vai ter toda a parte gastrointestinal ordenada, sono em dia e, claro, vontade para sair por aí brincando – Como deve ser, não é mesmo?

E você sabia que as frutas devem fazer parte dessa rotina balanceada? É isso mesmo! As frutas que nós, humanos, comemos no dia a dia para saciar a fome também podem ser oferecidas para os cães. Mas aí entra a tão famosa dúvida: quais são as frutas que cachorro pode comer?

Afinal de contas, não são todas as espécies de frutas que estão liberadas para os nossos queridos amigos. Algumas possuem componentes que a estrutura canina não consegue absorver, gerando sintomas desagradáveis para eles.

Pensando no bem-estar do seu peludo e em deixar você, tutor, despreocupado na hora de oferecer algo diferente para ele, nós da Líder da Matilha, preparamos um conteúdo com 15 frutas que você pode oferecer sem gerar problemas. Ah, e no final do post também citamos aquelas que não devem ser ingeridas.

Quer ficar por dentro? É fácil! Basta continuar a leitura para entender o que pode ou não ser oferecido aos pets. Vamos lá:

Quais são as frutas que cachorro pode comer?

Acredite ou não, seu aumigo adora receber um mimo com frutas geladinhas, ainda mais quando as temperaturas estão altas. O Brasil, por exemplo, é um país tropical em que o clima em algumas regiões rodeia os 40 ºC. Se esse fato já nos deixa incomodados, imagina o seu peludinho.

Oferecer frutas a eles é uma maneira de refrescá-los, sendo possível até mesmo variar na preparação desses alimentos. Algumas das frutinhas que irão ser apresentadas à vocês logo abaixo podem ser servidas congeladas, para que os cachorros comam e ainda sintam uma sensação agradável em meio a tanto calor.

Confira 15 possibilidades com a Líder da Matilha:

1 – Banana

Uma das frutas mais clássicas e acessíveis para dar ao seu parceiro peludo é a banana. A maioria dos cachorros amam o sabor docinho dessa alternativa, que é muito prática de ser oferecida e está entre as possibilidades de ser servida congelada.

Sem contar que é uma opção recheada de nutrientes e vitaminas, como potássio, fibras, baixo sódio e colesterol. Só não exagere na quantidade, viu? É exatamente por conta da doçura da fruta que o índice glicêmico é alto, então tenha cautela na quantidade.

2 – Melancia

Huum… Uma melancia bem geladinha! É isso que o seu companheiro pensa ao ver você degustando essa fruta sem oferecer nenhum pedacinho para ele. Brincadeiras à parte, a melancia está liberada para o seu cãozinho, desde que ela esteja em temperatura agradável.

Ela é rica em água e vitamina A, o que ajuda a manter o pet nos dias de calor e regular e prevenir possíveis complicações em seu sistema renal devido a quantidade hídrica. Porém, não ofereça a fruta com casca e sementes, já que os grãos são prejudiciais ao intestino dos animaizinhos.

3 – Amora

Você já deve ter ouvido falar que as amoras são ótimos antioxidantes para o nosso organismo, certo? E isso também acontece com os cachorros, visto que as propriedades são absorvidas de forma semelhante por eles. Mas, vai com calma na hora de oferecer essa iguaria, nem todos os dogs apreciam o sabor azedinho.

Tente dar essa fruta para eles e, caso dê certo, a Líder da Matilha tem um dica toda especial: utilize-a como forma de petisco, em especial quando estiver adestrando o seu cão. É uma opção saudável para que eles não fiquem lotados de ossinhos industrializados.

4 – Ameixa

A ameixa também está entre as frutas que podem ser oferecidas para os peludos esfomeados da casa. Ela é rica em fibras, vitamina A – ajuda a sintetizar hormônios – e vitaminas que fazem parte do complexo B – ótimo antioxidante natural.

Atenção: a fruta possui um caroço de tamanho generoso e ele não pode, em hipótese alguma, ser ingerido pelo cachorro. No momento de dar a ameixa, corte-a e ofereça aos pouquinhos para ele. Uma vez por semana é o suficiente.

5 – Goiaba

Seja com ou sem casca, a goiaba é uma das frutas mais versáteis para serem oferecidas aos nossos companheiros. E se você está em dúvida sobre as pequenas bolinhas que fazem parte da polpa, fique tranquilo, elas não apresentam nenhum risco à saúde dos cães.

As propriedades que a compõem são diversas e bastante positivas ao ser ingeridas. A goiaba é rica em ferro, vitaminas A, B e C e em fósforo. Além disso, ela age no sistema intestinal prevenindo e colaborando no controle da diarreia.

6 – Caqui

Você pode estar achando um pouco estranho essa fruta estar em nossa lista, afinal, nem mesmo nós temos o costume de ingeri-la com constância. Mas acredite, os cachorros são alucinados por caqui e ficam extremamente felizes quando são oferecidos.

É uma opção cheia de fibras que auxiliam no sistema gastrointestinal do seu amigo. Mas, assim como em opções já citadas anteriormente, tire todos os caroços e fique atento à quantidade. O caqui também é uma fruta que possui bastante açúcar.

7 – Mamão

Oferecer mamão para cachorro pode ser uma ideia inteligente, principalmente quando houver algum problema de intestino preso. É uma fruta saborosa que pode agradar seu amiguinho, seja no café da manhã ou no decorrer do dia ele vai adorar.

Só tenha cuidado na hora de servir, tudo bem? Essa é uma fruta que não pode ser dada com as sementes, já que elas contêm cianeto, uma substância altamente tóxica para os animaizinhos. Por isso, retire a casca e todas as bolinhas pretas antes do seu pet ingerir.

8 – Manga

A manga, bem como a banana, é uma ótima alternativa para ser oferecida congelada. Ela possui nuances docinhas que irão atuar em conjunto com a sensação geladinha no momento da sua ingestão. Podemos dizer que é o melhor dos dois mundos, né?

Cheia de compostos A, B6, C e E, com betacaroteno e potássio, a manga é uma incrível fonte de nutrientes. Porém, não dê muitas vezes por semana e nem grandes quantidades. Assim como outras, a quantidade de açúcar é bastante elevada.

9 – Framboesa

Outra fruta que não é tão recorrente fazer parte das nossas refeições diárias, a framboesa está completamente liberada para os cães. É uma fruta que pode ser oferecida, principalmente, para os cachorros com idades mais avançadas por conta da ação antioxidante.

Rica em vitaminas, manganês, fibras e pouco açúcar, você pode pensar que esta alternativa pode ser ingerida à vontade. Mas não é bem assim! A framboesa contém xilitol, que pode acabar ocasionando quadros de hipoglicemia quando sua ingestão é demasiada. Então, tenha equilíbrio!

10 – Maçã

“Pode dar maçã para cachorro?”. Pode e é mais uma que os peludos adoram quando servidas de forma congelada. Saborosa e geladinha, quem irá resistir? Ah, é também é uma outra opção para cães mais idosinhos, visto o baixo índice de gordura.

As sementes e o miolo devem ser removidos antes de oferecer, tudo bem? O ideal é cortar em pedacinhos que dê para o seu pet aproveitar sem medo de ser feliz, seja na forma in natura ou congelada. Assim ele irá saborear cada parte com vontade.

11 – Melão

Você pode dar melão para o seu cachorro sem demais preocupações. É uma outra fruta que pode ser chamada de “fonte” hídrica, por conter quantidades significativas de água. Normalmente, os cães gostam muito desse tipo de fruta, que é bem agradável de comer.

O cuidado com a quantidade deve ser mantido, especialmente para os aumiguinhos que estão com sobrepeso ou possuem propensão a desenvolver diabetes. Uma vez por semana já está ótimo, sendo uma boa ideia misturá-lo com frutas menos calóricas.

12 – Morango

Uns amam, outros odeiam. De fato, o morango causa impressões diversas no universo canino, já que seu sabor um pouco mais azedo não chega a agradar uma parcela tão grande dos peludos. Já deu pra perceber que eles são do time dos sabores docinhos, né?

Se você quer ajudar na saúde dentária dos pets, essa é uma boa opção. O morango, além de fibras e vitaminas, também tem enzimas que deixam os dentinhos mais brancos. Lembre-se da moderação por conta do açúcar, e dê apenas 3 por semana.

13 – Pera

Quer saber uma curiosidade sobre as peras? Então lá vai: os filhos amam essa fruta! E temos que ressaltar que esse é um ponto fortemente positivo, uma vez que ela é rica em fibras, vitaminas e minerais que acabam por auxiliar no desenvolvimento das pequeninas bolas de pelo.

Bem como outras alternativas que já foram abordadas em nossa completa seleção de frutas para cachorro, a pera possui uma boa quantidade de sementes, que devem ser retiradas junto com o miolo antes de oferecer para os pets comerem.

14 – Pêssego

O pêssego é uma fruta que nós, humanos, gostamos bastante, não é mesmo? Porém, consumimos somente quando é época de colheita, em que as opções disponíveis para compra são mais gostosas. O mesmo deve acontecer com o seu cão, a fruta na maioria das vezes será aceita quando estiverem com aspectos saborosos.

Ricos em vitamina A, minerais e fibras, o pêssego ajuda no combate de problemas relacionados a infecções. Esse é um dos fatores mais positivos da fruta, já que protege a saúde dos nossos parceiros caninos. Ela também pode ser degustada congelada em pedacinhos deliciosos.

15 – Coco

Não é só a água de coco que faz bem para os cachorros. A polpa da fruta é muito bem-vinda na alimentação balanceada dos nossos aumigos. Recheado de vitamina E e minerais que ajudam a fortalecer o sistema imunológico, o coco é um ótimo antioxidante.

A famosa “gordura boa” presente nessa fruta também é benéfica aos cães, regulando a pressão arterial prevenindo coceiras, hidratando a pele do dog e até melhorando a absorção de inúmeros outros nutrientes presentes no corpo deles.

E quais são as frutas que os cachorros não podem comer?

É claro que não poderia faltar as frutas que os cachorros não podem comer. Aliás, quando estamos comendo algo e nossos companheiros estão de olho, desejamos saber o que podemos e o que não podemos dar de comer a eles, concorda?

Algumas das frutas proibidas são:

  • Abacate: pode causar vômito e diarreia por conta de uma substância chamada Persina;
  • Carambola: por conter oxalato de cálcio em sua composição, não pode ser oferecida aos cães;
  • Cereja: o cianeto contido nas sementes é totalmente tóxico aos bichinhos, e como ela é pequena, não arrisque;
  • Uva: tanto as uvas passas quanto as normais possuem um grande índice de toxicidade e podem desenvolver quadros de insuficiência renal nos pets;
  • Frutas Cítricas: no geral, as frutas cítricas não fazem bem ao estômago do animal e, por isso, devem ser evitadas.

E aí, está mais tranquilo depois de tanta informação sobre as frutas que os cachorros podem comer? Esperamos que a resposta seja sim, e que de agora em diante você fique despreocupado em oferecer essas delícias aos seus amados companheiros de pelo.

Por hoje ficamos por aqui. Mas lembre-se de compartilhar o conteúdo em suas redes sociais. Você pode estar ajudando a diminuir problemas causados pela ingestão de alimentos não recomendados para pet, já pensou?

Até a próxima!

Deixe um comentário