Como lidar com gatos que brigam muito

Como lidar com gatos que brigam muito?

Lidar com gatos que brigam muito é, sem dúvidas, uma das maiores dificuldades quando se toma a decisão de adotar ou comprar o pet. Com certeza você já deve ter ouvido a famosa frase de que gatos geralmente são ariscos, que se comportam como reis, donos do espaço, não é mesmo?

De fato, eles demonstram tais características, principalmente quando precisam aceitar que não são os únicos presentes na casa. Há algum tempo, as pessoas têm se interessado muito mais pelo animal. É como se todos tivessem resolvido ter um pet. E, devemos confessar, os bichinhos levam muita alegria para o lar. No entanto, a decisão costuma vir com acompanhantes, seja por outro gato ou cachorro.

É aí que começam a surgir os problemas! Independentemente de ser integrantes novos que estão chegando, ou se você já os possui em casa, é importante compreender que, em algum momento, eles podem e vão se estranhar. Mas, acalme-se, é possível minimizar a situação. Quer saber, então, como lidar com gatos que brigam muito? Acompanhe o que vem a seguir!

 

Lidar com gatos que brigam exige calma! 

Quando a briga começa, o desespero chega acompanhado da falta de paciência por não saber como proceder diante da situação, não é verdade?

A palavra de ordem, aqui é: calma! Por mais que ela pareça não existir nesse instante embaraçoso. Lembra-se do ditado, citado anteriormente, de que os gatos têm mesmo a mania de se sentirem donos do pedaço? O pet é territorialista, por isso, é fundamental entender tal característica.

Demonstrar irritação e raiva em um momento de conflito não ajuda em nada, muito pelo o contrário, só causará ansiedade e susto ao pet. Dessa forma, paciência é essencial para tentar sanar o impasse. E como fazer isso da maneira correta?

Bem, a primeira atitude tomada em situações como essa, é separar os bichinhos em cômodos para que a briga não se repita. Isso não quer dizer que eles ficarão isolado um do outros. É apenas uma etapa do processo para que eles consigam fazer as pazes.

Depois de separá-los, é hora de tentar reaproximá-los novamente. Assim, tente unir os bichinhos no momento da alimentação, de receber os petiscos, para que eles associem a situação a encontros agradáveis. Mas fique de olho, qualquer descuido pode ocasionar uma nova briga. Repita o procedimento até que ambos os animais se sintam confortáveis. Esse é o primeiro passo!

 

Entenda o que causou o problema 

Brigas não começam por acaso e do nada, certo? Algum motivo causou o confronto. Portanto, tente descobrir e compreender as possíveis causas para o início do conflito.

  • Território

Gatos são territorialistas e já temos noção dessa característica. A chegada de um novo integrante ao lar pode colocar a perder todo o reinado do pet, que recebia todas as mordomias única e exclusivamente para ele. Com certeza o bichinho se sentirá ameaçado com o suposto “invasor”, seja em relação a comida, a água e a caixinha de areia.

  • Ciúmes

Ciúmes é outro fator causador de discórdia entre os felinos. Imagine só o que não deve passar na mente do bichinho que, antes tinha atenção e carinho especial e individual, agora tem de dividir com o novo morador da casa? Não parece ser tão simples. Por isso, é indispensável fazê-lo sentir que nada mudará.

  • Necessidade de castração

Caso haja alguma fêmea, a castração se faz necessária, para que as brigas entre os machos sejam evitadas. E não somente. A castração é benéfica para a saúde dos animais, pois os asseguram contra o câncer de útero. Em vista disso, não hesite em procurar por um profissional para realizar o procedimento.

 

Em último caso: procure um profissional!

Se você fez várias tentativas e o problema ainda não foi solucionado de modo eficiente, a dica é buscar por um profissional que entenda bem sobre o assunto para te ajudar a adestrar e educar o pet.

Adestramento e educação são métodos diferentes. Adestrar consiste em fazê-lo seguir os comandos dados pelo seu dono e educar se dá pelo entendimento do animal em saber se comportar na presença de outras pessoas e felinos.

Dessa forma, procure auxílio para alcançar resultados satisfatório, mas tenha em mente que o processo demanda tempo e paciência, não apenas do profissional, como dentro de casa também. Permita um trabalho em conjunto e possibilite soluções mais eficazes para que a paz possa reinar em seu lar com os seus bichinhos.

 

Para saber mais sobre os felinos e encontrar produtos específicos para eles, acompanhe o que há de melhor disponível em Líder da Matilha.

No Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *