Como lidar com cães que não gostam de banho?

É muito comum encontrar cães que sentem medo de tomar banho. Isso cria uma situação muito complicada e difícil para os tutores na hora, o que acaba gerando estresse para todo mundo.

Antes de tudo, é preciso entender porque o pet se comporta assim para poder trabalhar em cima do problema.

Entre os principais motivos que levam os cães a não gostarem da hora do banho podemos citar:

  • Associação a algo ruim: o cão pode ter tido alguma experiência ruim no passado envolvendo água;
  • Medo: o animal pode desenvolver medo de algum dos processos relacionados ao banho, como medo da água, da mangueira/chuveiro, shampoo, secador ou da toalha;
  • Temperatura da água: garanta que a água não esteja fria ou quente demais para o seu pet.

Para reverter esse quadro, os tutores devem começar a criar associações positivas e trabalhar gradativamente a superação do trauma.

É importantíssimo ter muita paciência, sem forçar ou brigar com o animal durante o processo, pois isso só piora a situação.

Use uma voz tranquila e seja carinhoso durante o banho, para transmitir segurança ao pet. E massageie o peludinho com shampoo ao longo do banho, para deixá-lo mais tranquilo e relaxado.

Quando seu pet estiver mais calmo, uma boa ideia é brincar com ele. Separe um brinquedo só para as horas do banho e crie uma brincadeira para fazer com que ele se distraia e comece a se divertir.

Agora, se o problema é o secador, você deve treiná-lo de uma forma diferente:

Pegue um petisco e ligue o aparelho distante do pet enquanto brinca com ele. Quando o cão estiver calmo, dê o petisco. Ao terminar de comer, desligue o secador.

A medida que o pet for demonstrando estar confortável, vá aproximando o objeto gradativamente. Esse treino pode ser realizado com outro objetos também, como toalha ou escova.

Mais uma coisinha: esteja atento a forma como você está secando o bichano. Deixar o secador muito perto  pode queimar a pele e machucá-lo. Nunca o utilize dentro das orelhas ou nos olhos.

Superar um medo é um processo gradativo, não acontece da noite para o dia. Então mantenha a calma e respeite o tempo do seu cão.

Mas, se essas dicas não ajudarem em nada a mudar o comportamento do pet na hora do banho, o ideal é buscar ajuda de um especialista em comportamento animal.

Comment ( 1 )

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *