como lidar com cães obesos

Como lidar com cães obesos?

Estar acima do peso pode ser um grande problema para os cães, que perdem sua mobilidade e podem desenvolver uma série de doenças. Diferente de nós, os nossos animais de estimação só comem o que servimos para eles, ou seja, a culpa da obesidade é do próprio dono do animal. Pode parecer exagero, mas não é. A obesidade canina é algo sério causada pela alimentação inadequada ou excessiva e que pode desencadear doenças respiratórias e até nos ossos do nosso animalzinho. Se a gente não se atentar, podemos perder nosso amigo bem mais cedo do que esperávamos.

Como sei se meu cachorro está obeso?

Muita gente não sabe, mas quando o cão tem o corpo todo na mesma proporção, pode ser sinal de problemas.  O ideal para o corpo do animalzinho é quando a barriga dele é um pouco menor do que o peito, sem que a costela esteja aparecendo.Atente-se a situação do seu pet. A obesidade em cães é uma coisa séria que deve ser evitado e cuidado antes que seja tarde demais.

Depois dessas informações, percebeu que o seu cachorro está obeso ou acima do peso? Separamos algumas dicas para agir o quanto antes:

 

Dica 1: Troque a ração.

A primeira coisa a se fazer é trocar a ração do seu pet por uma de baixa caloria, cortando os petiscos e as comidas a mais que damos de nosso prato. No começo, mantenha a rotina de alimentação para observar a aceitação da nova ração. Depois, aos poucos, pode ser adaptado para duas vezes por dia. Para voltar a ficar saudável, nosso cãozinho não precisa de nada além de sua própria ração, pois elas possuem proteínas e calorias necessárias para o cão ficar bem.

Há rações de vários tipos e para diferentes idades. Como seu bichinho já está obeso, se atentar a cada detalhe é essencial. Busque tomar cuidado com as dosagens também. Quando filhote o cachorro deve comer mais para crescer e desenvolver, já grande o ideal é diminuir a dosagem de acordo com o seu tamanho. Alimentá-lo duas vezes por dia é suficiente e pode se tranquilizar: ele não passará fome.

 

Dica 2: Exercite seu pet!

Quando o cão está obeso, não vale só passear! Exercícios são essenciais para o animalzinho voltar a forma. Mas não é recomendado que você comece os exercícios sem antes levar seu pet para o veterinário. Forçar o seu cão nesse momento que ele já está com obesidade pode ocasionar mais problemas, como lesões e falta de ar. O veterinário vai te indicar os melhores exercícios de acordo com a situação do seu cãozinho.

 

Dica 3: Leve seu cão ao veterinário.

As dicas ajudam muito, mas é muito necessário que você encaminhe seu animal de estimação para o veterinário. Por conta da variedade de raças e diferentes corpos e pesos ideais dos cães, saber exatamente a situação do seu amigo e conseguir trabalhar de acordo com o que ele precisa é fundamental para qualquer início de dieta. Além de você também já ficar a par de qualquer problema de saúde que ele pode ou não ter.

A obesidade canina é algo sério que precisa ser visto assim. Uma enorme porcentagem de cães sofre com ela e a cada dia ficam mais fracos e debilitados. A melhor escolha de cada dono é buscar a melhora do seu cão investindo em sua saúde e bem-estar e, para isso, ter um veterinário acompanhando cada passo de seu bichinho é essencial para passar por cada processo.

No Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *