A linguagem corporal dos cães

Assim como nós, nossos pets também têm a sua própria maneira de expressar seus sentimentos e nos contarem se estão felizes, com medo, cansados ou com vontade de brincar!

Os bichanos nos passam sinais do que estão sentindo através da linguagem corporal, com latidos, gestos e posturas do corpo.

É muito importante para os tutores saber interpretar essas pistas corretamente para, assim, atender e cuidar dos seus fiéis companheiros. Para isso, é preciso ficar atento, observar o cão e como ele se comporta diante de situações e ambientes diferentes.

Nós separamos alguns dos sinais mais comuns para ajudá-lo a compreender seu pet:

Calma e tranquilidade

Seu peludo demonstra estar calmo e tranquilo quando sua postura está relaxada, sem vigilância, o rabo abaixado e abanando de um lado para outro devagar, as orelhas relaxadas e a boca fechada ou meio aberta e um pouco ofegante.

Nervosismo e ansiedade

O nervosismo pode ser identificado quando o cão se encolhe diante de alguma situação ou ambiente. A expressão fica assustada, as orelhas para baixo e o rabo um pouco encolhido. Geralmente o pet também fica ofegante.

Medo

Quando estiver com medo, seu cachorro ficará totalmente encolhido, com o rabo entre as pernas, boca fechada e orelhas bem para baixo. Desvios do olhar e corpo tremendo também são sinais claros de medo. Caso o cão se sinta muito acuado, ele pode se tornar agressivo.

Agressividade

Lidar com cães agressivos é complicado, e é preciso ter muita atenção aos sinais o corpo está transmitindo. A postura e rabo rígidos, com o corpo projetado para frente indicam que o animal está pronto para o ataque. Dentes à mostra e pelos arrepiados significam tome cuidado.

Alerta

Se o seu peludo está com uma expressão bem atenta, com as orelhas em pé e o corpo meio rígido, ele está em estado de alerta. Isso quer dizer que tem alguma coisa por perto que está chamando a sua atenção e pode levá-lo a um estado agressivo, caso a situação não seja remediada.

Vontade de brincar

Seu pet também adora brincar, e perceber que ele está a fim de se divertir é super fácil! A animação e o rabo abanando são os primeiros sinais claros. Geralmente, as orelhas ficam em pé e balançando, a boca fica aberta e ele pode abaixar a parte da frente do corpo e latir para você. Além daquela expressão brincalhona, impossível de dizer não!

Dominância

A dominância de um cão sobre outro pode ser notada quando o dominante adota uma postura mais tensa, com o corpo projetado para frente, as orelhas em pé e o rabo no alto. Ele pode ficar em cima do outro cachorro e até atacar, dependendo da sua reação.

Submissão

Já a submissão pode ser identificada quando o peludo vira de barriga para cima. O pet também pode encolher as patas e colocar o rabo entre as pernas.

A linguagem corporal dos cães é complexa, mas entendê-la é essencial para nos comunicarmos e nos darmos bem com os nossos animaizinhos de estimação.

Esteja sempre atento às mensagens que os bichanos passam com o corpo, isso pode ajudar a prevenir acidentes quando o pet entrar em contato com outros cães ou pessoas!

No Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *