5 dicas para desestressar seu pet

Existem muitos motivos para os cães ficarem agitados e nervosos. Questões relacionadas à saúde ou genética do pet podem interferir no seu comportamento.

Mas hoje vamos falar sobre situações cotidianas que podem afetar o emocional do seu melhor amigo e dicas para ajudá-lo a relaxar:

Energia acumulada

Todo peludo adora sair para passear. Deixar o cão preso dentro de casa por muito tempo é prejudicial à sua saúde e pode levá-lo ao estresse.

Andar de um lado para o outro da casa, correr repentinamente ou destruir móveis e objetos são sinais claros de agitação. É preciso fazer com que o cão gaste toda a sua energia acumulada através de passeios na rua. Recomenda-se pelo menos uma caminhada por dia.

Barulho e conforto

Os sons da rua podem ser grandes inimigos do sossego do seu pet, assim como barulho alto dentro de casa. O ideal é colocar uma caminha super confortável em algum cantinho mais silencioso do seu lar, que seja limpinho e bem arejado.

Assim, o seu cão pode relaxar e tirar uma soneca gostosa a qualquer momento.

Convívio

Se você passa muito tempo longe de casa ou, às vezes, não dá tempo para dar atenção para o seu pet, ele pode se sentir sozinho. O que o leva ao estresse e agitação.

É importante sempre passar um tempo com o cão, brincando, fazendo carinho e levando-o para passear – não esqueça que a socialização do pet com outros animais e pessoas também é necessária.

Massagem

A massagem é uma técnica muito eficiente para relaxar o cão e ficar mais próximo dele. Ela pode ser feita a noite ou depois de uma brincadeira. Massageie a cabeça, pescoço, costas, barriga e, por fim, as patas do seu pet.

Após o carinho, o peludo vai estar super relaxado e ainda se sentirá amado por seu tutor!

Natação

Nadar é um ótima ótima atividade para o seu cão. Além de relaxar, ela melhora as articulações e mantém a boa forma do animal. Se você possui piscina em casa, divirta-se com seu pet nela por algumas horas. Se não, leve-o para um clube canino para que ele possa relaxar.

Atenção: tenha certeza que seu cão saiba nadar antes de levá-lo à piscina, nem todas as raças têm aptidão para o nado. Sempre dê um banho adequado nele após a atividade e seque-o bem, principalmente nas orelhas, para evitar otites.

Se algumas situações do dia a dia são as razões para o estresse do seu cão, essas dicas, com certeza, irão ajudá-lo a relaxar!

No Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *