Segurança do pet no carro

A segurança do pet no carro

É comum nos deparamos com notícias diferentes de acidentes no trânsito. Todos os dias imprudências como excesso de velocidade, falta de respeito com os sinais, placas e faixas, intolerância por parte de motoristas e também de pedestres resultam em tragédias. Dentre tantas possibilidades de evitar acidentes, a principal, é a utilização do cinto de segurança. Esse objeto crucial, dentro de qualquer veículo automotivo, possui a importante finalidade de: preservar e salvar vidas!

É sabida a importância do uso do cinto de segurança, no entanto, muitos ainda não o fazem e, quando falamos em desastres no trânsito, não devemos nos limitar somente a tragédias envolvendo pessoas, mas também aos animaizinhos, que muitas vezes estão presentes no carro.

Ao adquirir um pet, espera-se que a família o integre como membro dela e que ofereça cuidados, amor e c
arinho ao bichinho. É preciso que haja, assim, esse mesmo zelo no trânsito. Isso é, é necessário que o cachorro ou gato faça uso de algum tipo de guia para cinto de segurança específico e que fique no banco de trás.

 

Além disso, essa obrigação é prevista por lei. A utilização do cinto para que o animal não fique solto e não atrapalhe o motorista, durante a condução do veículo, não pode ser negligenciada.

         

Quais os instrumentos de segurança para transportar o pet?

É imprescindível que a vida dos pets seja assegurada. Para tal, há disponíveis no mercado alguns instrumentos que ajudam a transportar o pet dentro do carro na hora de fazer um passeio, ou até mesmo uma viagem. Os objetos mais encontrados são as guias para cinto e os peitorais de segurança, que fazem o papel de um cinto, cadeirinhas de transporte, assentos próprios, capas para bancos e caixas.

 

Guia para cinto de segurança

Além de poder ser usada para caminhar com o pet, a guia consegue se conectar ao cinto de segurança do automóvel, garantindo que o momento do passeio seja prudente e, também, livre de perigos. O instrumento é regulável e se adapta, geralmente, a quase todos os tipos de carros.

 

Peitoral de segurança

O peitoral é, também, um objeto universal capaz de se adequar a maioria dos carros. Ideal para momentos de passeio com o cãozinho, ajuda a controlá-lo, a fim de evitar acidentes e a distração por parte do motorista.

Cadeirinha de transporte

A cadeirinha é designada, normalmente, para animais menores. Adequa-se facilmente a maioria dos veículos e promove uma viagem ou passeio confortável e seguro, dentro da legislação, com o pet.  

 

Assento para pet 

O assento é, também, uma ferramenta essencial para transportar o pet com precaução. No entanto, ele é determinado para animais de pequeno porte. Confortável e seguro, permite que o bichinho seja transportado tranquilamente durante passeios.

 

Capa de segurança para banco

A capa é um tipo de assento muito utilizada no transporte do pet, principalmente para quem tem o hábito de viajar bastante. De material muito resistente, ela oferece comodidade, bem-estar e segurança nos momentos de passeio e viagens. O mercado disponibiliza, ainda, a opção com viseira que permite o animal a olhar para frente durante todo o trajeto, fazendo o ficar mais calmo e contido.

 

Caixa de transporte

A caixa é comumente utilizada para gatos, pois os acomoda melhor. O acessório deve ser resistente, oferecer ventilação para o animal de acordo com o seu tamanho, apresentar travas para a porta e grades. É recomendado que elas possuam alça para transporte, para facilitar o manuseio.

Esses são alguns dos objetos encontrados no mercado para o transporte de animais domésticos em veículos automotivos. Não existe desculpa para não adquiri-los. A utilização de instrumentos de segurança para os bichinhos é uma obrigação prevista por lei e a sua ausência pode acarretar em problemas e cobranças.

Além disso, é de extrema relevância pensar na segurança mútua dos que estão dentro do carro. O acessório de segurança para animais deve ser encarado da mesma forma como para uma pessoa, visto que o pet também se torna um passageiro quando colocado no automóvel.

 

Proteger o animalzinho faz com que todos se previnam, pois, em um possível acidente com o veículo, por exemplo, o instrumento de segurança consegue evitar lesões provocadas por desvios, batidas, freadas bruscas ou lesionar os outros passageiros e atrapalhar a condução do motorista. Dessa forma, é totalmente indispensável à utilização de qualquer acessório de segurança para o transporte, de acordo com o tamanho do seu pet.

 

No Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *