A caixa de transporte é obrigatória no carro?

A caixa de transporte é obrigatória no carro?

Cada vez mais os animais de estimação acompanham os tutores em passeios e viagens, sendo muitas dessas saídas de carro. O problema é que os bichanos nem sempre gostam de viajar trancados na caixa de transporte, pois é apertada e tem pouca ventilação.

Então surge a dúvida: o pet precisa obrigatoriamente ser transportado na caixa de transporte?

Neste post, vamos tirar as dúvidas sobre o transporte seguro e adequado de animais de estimação, de acordo com a legislação de trânsito.

  • O único jeito de transportar o pet no carro é na caixa de transporte?

Não! Porém, a legislação – como vamos ver mais à frente – e o bom senso dizem que o cão não pode andar solto no  carro, pois o animal pode sofrer e causar sérias lesões nos ocupantes do veículo em caso de acidente ou freagem brusca.

Por isso, não ande com o cãozinho solto no carro de maneira nenhuma.

  • Quais são as opções para quem não quer usar a caixinha?

Um item indispensável para o transporte é o Adaptador para cinto de segurança pet. É possível encontrar no mercado diversos modelos a preços bem acessíveis.

Este adaptador é uma guia que de um lado tem um mosquetão, que vai preso ao peitoral (não é recomendado o uso de coleiras, devido ao risco de machucar o pescoço do pet em casos de impacto ou freadas), e do outro tem um adaptador que encaixa no cinto de segurança do carro.

Se você tem vários cães, pode adquirir o Adaptador para cinto de segurança pet para dois cães. Dessa forma, pode transportar até 6 animais com segurança e dentro da legislação.

 

Os adaptadores para cinto de segurança são práticos, acessíveis e simples de usar.

Se você ainda não possui o peitoral, pode adquirir o conjunto Peitoral de Segurança, que já vem com o adaptador para cinto de segurança.

O adaptador, geralmente, é regulável. O ideal é que não fique muito solto para que o cão não caia do banco.

Um modelo muito utilizado é o Peitoral Smart Anti-Puxão, devido à sua dupla funcionalidade. O equipamento tem a função de impedir o cão de puxar durante os passeios (a argola que prende a guia fica no peito do pet) e pode, também, ser usado no carro, pois conta com uma argola nas costas para esta finalidade.

Então, basta adquirir o Adaptador para cinto de segurança pet e você terá a solução de dois problemas em um único produto.

  • O que fazer quanto aos pelos, baba e sujeira no carro?

As capas protetoras pet vão resolver este problema. Há diversas opções no mercado. Com certeza, uma delas vai atender sua necessidade.

O modelo que oferece mais espaço e proteção é a Capa Pet Plus banco inteiro. Ela cobre todo o banco traseiro, possui abas que protegem as portas, é forrada e impermeável. Fácil de instalar, remover e limpar. Além disso, ocupa pouco espaço por ser dobrável.

A maioria das capas pet possuem abertura para cinto de segurança, o garante conforto e segurança para o seu cão.

Se o cão for pequeno, o Assento Pet ou Cadeirinha de Transporte será a melhor solução. Bonitos, coloridos e fáceis de guardar, os assentos pet também têm abertura para cinto e são garantia de conforto e segurança para o seu peludinho.

  • O que diz a legislação?

Art. 235. Conduzir pessoas, animais ou carga nas partes externas do veículo, salvo nos casos devidamente autorizados:

Infração – grave;

Penalidade – multa.

Dica: Nada de deixar o cão com a cabeça para fora do carro. Evite acidentes e multas.

Art. 252. Dirigir o veículo:

II – transportando pessoas, animais ou volume à sua esquerda ou entre os braços e pernas;

Infração – média;

Penalidade – multa.

Dica: Fique esperto! Não deixe o pet solto no carro, nem leve ou deixe alguém levá-lo no colo. Além de perigoso, é uma infração.

Dicas finais!

  • Nunca deixe o pet sozinho no carro, principalmente em dias quentes.
  • Faça paradas periódicas durante o caminho para seu cão ir ao banheiro.
  • Transportar os animais de estimação de forma correta não apenas evita multas, mas também garante a segurança de todos dentro do veículo.

No Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *